A Rede de Bibliotecas da Lousã deseja-lhe Festas Felizes... com muitos livros!

Créditos da imagem: https://www.pexels.com/photo/portrait-of-girl-wearing-christmas-hat-326581/

 

As Férias Ativas de Natal 2018 iniciaram dia 17 e irão prolongar-se até 28 de dezembro, estando previsto, entre outras atividades, um sarau natalício para famílias e um acantonamento na Biblioteca Municipal Comendador Montenegro, na última noite.

No passado dia 18, as crianças mais novas inscritas no projeto puderam fazer postais de Natal na sala infantil e juvenil, enquanto que os mais velhos utilizaram o correio eletrónico para fazer pedidos natalícios ao Senhor Presidente da Câmara. Na Piscina Municipal fizeram-se jogos de competição.

Em cooperação com a ARCIL, puderam visitar a Quinta do Caimão, onde se fizeram bolachinhas de natal e doce de quivi, almoçaram no Salão do Clube Vilarinhense e visitaram a Casa do Outeiro.

A planificação desta edição está dividida por temáticas, sendo o dia 21 dedicado ao "Natal a viajar" e, assim, as crianças irão ao "Castelo Mágico" em Montemor-o-Velho.

No âmbito da Semana da Igualdade na Diversidade, que decorreu até 7 de dezembro, foram entregues nas Escolas do 1.º CEB, materiais no projeto EKUI – Equidade, por um mundo sem barreiras na comunicação. 

O EKUI é uma metodologia de alfabetização e reabilitação inclusiva, a única no mundo que combina quatro formas de comunicação: a gráfica, o braille, a língua gestual e o alfabeto fonético. Foi pensado para desenvolver competências de literacia, a linguagem e comunicação, as capacidades psicomotoras, o pensamento crítico, a inteligência social e emocional, a imaginação e a criatividade e as atitudes inclusivas.

Esta iniciativa foi dinamizada por Vânia Moreira da Equipa Multidisciplinar da Lousã e decorreu no âmbito do Plano Intermunicipal de Prevenção do Abandono Escolar e Promoção do Sucesso Educativo da Região de Coimbra da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

Oferta da Câmara Municipal teve a parceria da ACTIVAR/CLDS 3G


A Câmara Municipal da Lousã ofereceu o livro “Xisto na Aldeia”, a cerca de 1000 crianças do pré escolar, público e privado, e do primeiro ciclo. Este livro tem como tema a identidade local e como personagem principal Xisto, uma criança que cresceu no Talasnal e que viveu a sua infância na Serra da Lousã, entre a fauna e a flora. Um dia encontra um veado: como se irá sentir e comportar?

O texto é da autoria de Paula Gonçalves e a ilustração partiu de uma oficina, com crianças e jovens, orientada pela ilustradora Carla Nazareth, da qual resultaram as magnificas ilustrações deste livro. Assim se trabalhou a identidade cultural destas crianças e se criou uma ferramenta para trabalhar estas temáticas.

A Autarquia deu, assim, continuidade ao projeto de promoção de leitura em família, iniciado em 2000, que consiste na oferta de um livro às crianças na altura do Natal. Os objetivos são contribuir para o gosto pela leitura, promover a leitura em família - nomeadamente na época natalícia - bem como proporcionar às crianças a oportunidade de possuírem livros seus e criarem uma biblioteca pessoal. 

A obra foi apresentada na Aldeia do Talasnal no sábado, 15 de dezembro, e contou com a presença da autora, dos "pequenos" ilustradores e dos parceiros envolvidos no projeto, a associação ACTIVAR e a Câmara Municipal da Lousã. Este projeto foi desenvolvido no âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social Lousã + Inclusiva, do qual a Câmara Municipal é um parceiro privilegiado. 

Para janeiro, dia 19, está prevista nova apresentação da obra, dirigida sobretudo ao público infantil, que acontecerá no âmbito do Sábado Cultural da Biblioteca Municipal Comendador Montenegro.

Entretanto, a Câmara Municipal, a Rede de Bibliotecas da Lousã e a ACTIVAR sugerem a sua leitura em família, durante a pausa letiva. 

Divulgamos uma ação "dois em um" que enquadra no projeto "Todos juntos podemos ler"

 

Estudos apontam que 10% da humanidade apresenta um qualquer tipo de deficiência. Desse grupo, cerca de 0,5% é afetado por deficiências ao nível comunicativo. Se muitas pessoas não são capazes de comunicar através da fala, questionamos: como é que alguém que não fala pode comunicar?

O Workshop que decorrerá na Lousã encontra as suas premissas no modelo da diversidade funcional, que implica o respeito de uns pelos outros, retira-se o enfoque na deficiência/incapacidade e recusam-se os modelos que pretendem integrar a diferença, para apostar num modelo centrado na funcionalidade que promova a inclusão da diversidade enquanto fator de enriquecimento mútuo.

Será abordada a temática da comunicação aumentativa e alternativa, aliada à tecnologia, que tem como objetivo a oferta de métodos de ampliação das capacidades remanescentes de comunicação, ou de substituição, no caso da ausência de qualquer forma de expressão comunicativa percetível.

Este Workshop será ministrado por Célia Sousa, Doutorada em Ciências da Educação na Especialidade Comunicação pela UNEX, Coordenadora do Centro de Recursos para a Inclusão Digital do Instituto Politécnico de Leiria, Investigadora da Universidade Nova de Lisboa e colaboradora de um dos Centros de Investigação da Universidade Lusíada.  

Nesta sequência decorrerá também a apresentação do livro "O coração vive de sorrisos" de Carolina Cruz, apoiado pela Câmara Municipal e pela Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade, com a mediação da escritora Ana Simão.

Sinopse:
"Acham que não é possível apaixonarmo-nos por alguém dito diferente?
Então venham!
Quero que conheçam o Cláudio (um adulto com paralisia cerebral, apaixonado pela vida), a Alice (uma adolescente com síndrome de Down, que com sorrisos enfrenta a vida, depois de todas as mil razões que esta lhe dera para chorar), o Samuel (um jovem adulto com esquizofrenia com grande espírito de perseverança), a Madalena (uma menina de treze anos, com síndrome de Tourette, mas com mil sonhos na mão) e a Maria Inês (uma adolescente com síndrome de Asperger, tremendamente apaixonada pela musicoterapia) – personagens fictícias das cinco histórias que o livro apresenta e que provam que o amor não tem forma ou feitio e que é das formas mais sinceras de se viver.
Entrem nas suas vidas e deixem-se encantar por todos os sorrisos e por todos os sonhos que envolvem esta ficção que absorve a realidade de que o amor sempre vence."

Livro disponível para venda em https://www.facebook.com/carolinacruzautora  

 

A Rede de Bibliotecas da Lousã apela à inscrição dos alunos do 3.º CEB e do Ensino Secundário (das Escolas Básica nº 1 a Secundária) na 13.ª Edição do Concurso Nacional de Leitura, uma iniciativa que visa "estimular o treino da leitura e desenvolver competências de expressão escrita e oral".

O calendário da 1.ª Fase - Escola é o seguinte:

26 a 30 de novembro - Inscrição dos alunos nas bibliotecas da Secundária e da EB n.º 1.
11 de dezembro, pelas 8:30h - Realização das provas nas duas escolas (a prova tem a duração máxima de 45 minutos).
Até 3 de janeiro de 2019 - Apuramento dos vencedores.


Para mais informações, fica aqui o link para o Regulamento no sítio do PNL:
http://pnl2027.gov.pt/np4/file/349/13a_ed_Concurso_Nac_Leitura_Regulamento.pdf

Eventos

junho 2020
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Notice: Undefined index: login in /home2/ki383970/public_html/bibliotecas.aglousa.com/modules/mod_custom/mod_custom.php on line 1

Agrupamento de Escolas da Lousã

Um agrupamento aLer+