Nascido em Portugal em 1976, os seus livros são sucessos internacionais. Em O Último Papa, expõe uma teoria sobre a misteriosa morte de Albino Luciani, o Papa João Paulo I, envolvendo a loja maçónica italiana Propaganda Due (Loja P2, Propaganda Dois) e outras agências secretas internacionais, como a CIA. A 1 de novembro, quatro anos depois da entrada da edição americana de O Último Papa para o prestigiado top do The New York Times, a Porto Editora reedita a obra que valeu ao autor português Luís Miguel Rocha o sucesso internacional. O escrito faleceu aos 39 anos.

Créditos da Imagem: Escritores Online

b_0_280_16777215_01_images_Leituras_LuisMRocha.jpg


Temo o homem de um livro só (S. Tomás de Aquino)